loading...
Sponser

Fórum Estadual de Educação realiza etapas interregionais da Conferência Estadual Popular de Educação

Fórum Estadual de Educação realiza etapas interregionais da Conferência Estadual Popular de Educação

Representantes de todos os segmentos da educação do estado do Ceará participam neste mês de fevereiro das etapas preparatórias interregionais da Conferência Estadual Popular de Educação – Coepe. Os eventos acontecem em Juazeiro do Norte, Crateús, Sobral, Quixadá e Fortaleza, entre os dias 06 a 20 de fevereiro.

O Fórum Estadual de Educação é o responsável pela aplicação das etapas interregionais e pela realização da Conferência Estadual de Educação – Coepe, que acontecerá em Fortaleza no próximo mês. A Coepe visa mobilizar a sociedade cearense para intensificar o monitoramento e avaliação do cumprimento do Plano Estadual de Educação (PEE) e do Plano Nacional de Educação (PNE). 

A etapa de Crateús foi realizada terça-feira (06), na Escola Estadual Regina Pacis, com a presença de aproximadamente 500 professores, educadores e estudantes, que debateram e aprovaram propostas a serem encaminhadas ao Coepe para a confecção de um documento que será destinado à Conferência Nacional Popular de Educação – Conape, que ocorrerá em abril, na cidade de Belo Horizonte – MG. Também foram eleitos os delegados que representarão a região de Crateús no Coepe.

Em Sobral a etapa interregional foi realizada na quinta-feira (08), na Escola de Ensino à Distância de Sobral, que também recebeu um grande número de profissionais da educação e estudantes, que praticamente lotaram o auditório principal da escola.

O secretário do Município de Sobral, Hebert Lima, o vice-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime, professor Elício Abreu, o presidente da Apeoc, professor Anízio Melo, o coordenador da Crede 6, professor Daniel Carlos da Costa, e o representante da CUT, Helder Nogueira, participaram da abertura dos trabalhos.    

Para o presidente da Adufc-Sindicato e coordenador adjunto do Fórum Estadual de Educação, professor Enio Pontes, que comandou as etapas de Crateús e Sobral, a realização das etapas interregionais, que servirão como preparação para a ampla participação do Ceará na Conferência Nacional Popular de Educação – Conape, é uma grande demonstração de resistência da educação cearense aos retrocessos impostos ao setor pelo atual governo de Michel Temer.

“Nós vamos apresentar propostas concretas e viáveis para buscar reconstruir as bases da educação no Brasil. Não podemos admitir que o governo federal entregue a educação à iniciativa privada. Ao contrário, é preciso valorizar e ampliar o investimento em todas as áreas da educação para avançarmos num projeto de desenvolvimento para o Brasil”, ponderou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *