loading...
Sponser

Secretário-Geral da ADUFC-Sindicato participa de debate sobre Ciência e Tecnologia na Rádio O Povo CBN

Secretário-Geral da ADUFC-Sindicato participa de debate sobre Ciência e Tecnologia na Rádio O Povo CBN

O Secretário-Geral da ADUFC-Sindicato, Prof. Enio Pontes, participou na última quarta (3) de um debate na Rádio O Povo CBN sobre ”Tecnologia no dia-a-dia”. O debate também contou com a participação do Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP), Prof. Tarcísio Pequeno, do Engenheiro Químico e Doutor em Recursos Hídricos, Prof. José Capelo Neto e do Engenheiro Civil e Diretor de Comunicação e Marketing do Sindicato dos Engenheiros do Estado do Ceará (SENGE), Áulio Antunes.

Através do debate, o programa quis esclarecer o que levou à fusão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) com o Ministério das Comunicações (MC) e como isso muda o desenvolvimento do País e seu ensino escolar.

Durante o debate, o Prof. Enio Pontes destacou que o MCTI foi o grande motivador e responsável pela evolução científica no Brasil, e fundi-lo com o Ministério das Comunicações atrasa esse desenvolvimento, pois os dois apresentam interesses distintos.

Em dado momento do debate, os participantes foram indagados por um ouvinte sobre a importância do MCTI para o desenvolvimento do País. O Prof. Enio respondeu explicando que ”quando a Coreia esteve em crise nos anos 90, eles apostaram na Ciência e Tecnologia para sair dela. Na época do (ex-presidente) Clinton, quando existiu o problema da turbulência econômica nos EUA, eles apostaram na Ciência e Tecnologia para sair. O próprio Obama agora, com a crise bancária, apostou na Ciência e Tecnologia para resolver”. A locutora Maísa Vasconcelos logo rebateu perguntando se estávamos na contramão, no que o Prof. Enio respondeu: “na contramão total!’

O Prof. Tarcísio Pequeno também fez questão de explicar que ”em nenhum país do mundo se faz investimento em tecnologia sem amparo do recurso público” e que ”a ciência é algo que custa caro, porém custa mais caro ainda não tê-la”.

Para conferir o debate na íntegra acesse o link no youtube: http://migre.me/uz4fu

IMG_7650

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *