loading...
Sponser

PLANO DE SAÚDE – Informe às/aos filiadas/os sobre o reajuste da Unimed a partir de outubro de 2022

Após negociações que se iniciaram no último dia 5 de setembro entre a ADUFC-Sindicato e a Unimed-Fortaleza, foi firmado o contrato final do reajuste anual que vigorará de outubro de 2022 até setembro de 2023. A negociação teve por base a elevada sinistralidade do plano que exigiria, segundo a UNIMED, um reajuste elevado e foram apresentados os cenários com  34,32%, 25,36% e 22,11% para evidenciar a necessidade de sustentabilidade do plano e sugerindo a última como a melhor possibilidade de reajuste.

Após reunião de negociação, o percentual apresentado pela UNIMED foi de 17,53% e, ao final da negociação, foi  firmado o reajuste de 15,50% sobre o valor das parcelas – o mesmo aplicado aos planos individuais regulamentados pela ANVISA. Esse reajuste será aplicado apenas aos contratos 2217 e 6198, referentes aos planos Multiplan sem coparticipação.

A Diretoria da ADUFC tem se empenhado, nos últimos anos, nas negociações com a Unimed, visando garantir reajustes abaixo dos reivindicados pela empresa e preços mais acessíveis e justos aos/às filiados/as. A Unimed havia sugerido a aplicação de 17,53% nas mensalidades e, “se necessário, o ajuste da faixa etária para adequação das normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS (Resolução Normativa nº 63/2003)”. A Diretoria do sindicato analisou a proposta de reajuste da negociação do convênio e, a partir de indicadores apresentados à empresa, fez uma contraproposta de 12%, o que levou ao valor final de reajuste.

Dentre os principais pontos levantados pela ADUFC na negociação estavam:

  • sustentabilidade do plano, necessidade de adesão de novos beneficiários e não oneração a estes, visando sempre o equilíbrio do plano;
  • busca por um reajuste mais próximo possível dos planos individuais apesar da alta sinistralidade;
  • sinistralidade pós-pandemia nas faixas de 0-18 anos e acima de 59 anos extremamente elevada que será acompanhada bimestralmente pela ADUFC;
  • equilíbrio da margem de lucro da Unimed no contrato que chegou a ser de 20% em 2019 e atingiu seu patamar mais baixo em 2022;
  • possibilidade de revisão e atualização da tabela do plano em fevereiro, após consulta à Assembleia Geral;
  • e histórico de parceria e manutenção do plano da Unimed na ADUFC.

Ainda no processo de negociação, a Diretoria da ADUFC ressaltou à empresa que os/as beneficiários/as do sindicato (titulares do plano) estão há cinco anos sem nenhum aumento dos ganhos financeiros salariais. E ainda sofrendo fortes impactos no custo de vida das famílias, entre eles os aumentos dos planos de saúde. A contraproposta apresentada pela ADUFC, de 12% de reajuste, visava não onerar os beneficiários e reverter a curva de desistência que já se apresenta, bem como recompor a margem e os resultados obtidos pela Unimed.

Após a apresentação da contraproposta da ADUFC, a Unimed fez uma nova proposta de 15,50% – percentual final acordado, que terá vigência a partir do dia 1º de outubro de 2022 para os convênios.

[+] Acesse no site da ADUFC a tabela detalhada dos novos valores dos planos