loading...
Sponser

EDUCAÇÃO E DEMOCRACIA – Com debate, homenagens e apresentações culturais, evento celebra 42 anos da ADUFC no dia 29/4

Com o tema “Educação em Defesa da Democracia”, o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Ceará (ADUFC) celebra, nesta sexta-feira, 29 de abril, seus 42 anos, com homenagens e apresentações artísticas, além do debate e lançamento da campanha permanente que também reforçam o tema central do evento. O momento marca a retomada presencial das atividades culturais e confraternizações, dos encontros e partilhas cotidianas, após dois anos de atuação remota. A programação terá início às 17h30, na sede da entidade, em Fortaleza, e é reservada a docentes associados/as e convidados/as. A programação será aberta por apresentação do Coral da ADUFC.

O aniversário da ADUFC também pautará o lançamento da campanha homônima “Educação em Defesa da Democracia”. Para refletir sobre os desafios da educação na conjuntura atual, haverá debate, a partir das 18h, com a Profª Lena Espíndola – diretora de Assuntos de Aposentados do Sindicato – e os professores Daniel Cara (USP) e Roberto Leher (UFRJ). Os convidados também discorrerão sobre o papel do movimento docente na luta pela democracia, dentro e fora das instituições de ensino. A campanha terá caráter permanente e também será apresentada no ato do Dia do Trabalhador e da Trabalhadora (1º de maio) , quando haverá distribuição de materiais de divulgação.

Daniel Cara foi coordenador da Campanha Nacional em Defesa da Educação, entre os anos de 2006 e 2021. É um dos autores do livro “Educação contra a barbárie: Por escolas democráticas e pela liberdade de ensinar” (Boitempo), lançado em 2021, em que trata, em coautoria com Ana Paula Corti, das políticas educacionais no Brasil nos últimos anos. Cara também foi reconhecido pelo Parlamento brasileiro, em 2015, como a principal liderança da sociedade civil na promoção do direito à educação no Brasil. Na ocasião, recebeu do Congresso Nacional o Prêmio Darcy Ribeiro.

Roberto Leher é professor, ex-reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e ex-presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN). Autor de “Autoritarismo contra a universidade” (Expressão Popular), é um dos principais analistas das políticas de educação no Brasil. No livro, ele trata dos motivos que levaram o governo de Jair Bolsonaro a privilegiar como uma das primeiras arenas de conflito a educação, a ciência e a cultura, política que tem se materializado em cortes nos orçamentos, intervenções nas universidades, perseguição a professores e, mais recentemente, atos de corrupção no Ministério da Educação.

42 anos de luta: tempo de celebrar e avançar

O presidente da ADUFC, Prof. Bruno Rocha, reforça o papel do sindicato ao longo de seus 42 anos e a importância de seguir promovendo seu fortalecimento. “É essencial celebrar a existência de uma entidade com tantas pautas a defender, em um momento de tentativas ininterruptas de desmonte da educação, dos serviços públicos e dos direitos”, aponta. O docente enfatiza o compromisso da entidade e da atual diretoria com o debate democrático e com o respeito às decisões tomadas em instâncias coletivas de deliberação.

“Na atual conjuntura em um país como o Brasil, a importância do nosso sindicato e da construção da luta coletiva nunca foi tão evidente”, afirma Bruno Rocha. O diretor de Atividades Científicas e Culturais do sindicato, Prof. Tiago Coutinho, corrobora: “É muito importante comemorar o aniversário da ADUFC demarcando esse espaço. Precisamos insistir hoje em uma educação democrática no país em que estamos vivendo”.

Música brasileira e homenagens à Profª Izaíra Silvino

Após o debate, será reservado um momento para as homenagens in memoriam à Profª. Izaíra Silvino (1945-2021), que emprestará o nome ao Auditório da ADUFC. Durante a cerimônia de inauguração da placa do espaço, haverá uma apresentação musical de familiares da maestrina, que foi a primeira regente do Coral da ADUFC. Ela era docente aposentada da Faculdade de Educação da UFC e faleceu em 14 de agosto de 2021, vítima de complicações de um câncer, às vésperas de completar 76 anos.

Izaíra Silvino reativou o Coral da ADUFC, em 2014, onde atuou como regente até 2017, com a apresentação de importantes espetáculos. A cearense teve grande atuação no movimento coralista nacional e era definida como artista múltipla e reconhecida por sua diversidade: compositora, arranjadora, bandolinista, violonista, regente, cantora, coralista, professora, produtora cultural e escritora. “Vamos comemorar mais um ano de existência desse sindicato de luta e de respeito. Teremos uma rica programação e faremos uma justa homenagem à nossa querida maestrina e educadora Izaíra Silvino, a primeira regente do Coral da ADUFC”, destaca a Profª. Lena Espíndola, convidando os/as filiados para a festa.

Os músicos Marcelo di Holanda (cantor e instrumentista) e Mateus Farias (flautista) apresentarão um show no encerramento do evento, trazendo versões românticas e modernas de canções brasileiras de diferentes estilos musicais. Também será reinaugurado na ocasião o Bar da ADUFC, espaço que foi por muito tempo ponto de encontros, conversas e confraternizações de docentes. A organização do evento é uma articulação conjunta dos Grupos de Trabalho (GTs) de Comunicação e Cultura e de Previdência Social do sindicato.

DISTRIBUIÇÃO DE CONVITES

Serão distribuídos convites, limitados à capacidade do espaço, para docentes sindicalizados da ADUFC. Cada professor(a) terá uma entrada, com direito a acompanhante. Para reservar o convite, envie, até a próxima quinta-feira (28), um e-mail para secretaria@adufc.org.br. Haverá uma lista de nomes para checagem na entrada do evento.

Mais informações sobre a reserva de convites:
Secretaria da ADUFC: (85) 3066.1818 / 99973.5206

Aniversário ADUFC 42 anos – Educação em defesa da democracia
Quando: 29 de abril (sexta-feira)
Horário: a partir das 17h30
Onde: Sede da ADUFC, em Fortaleza (Av. da Universidade 2.346 – Benfica)
Debate + homenagem + música + Bar da ADUFC

(*) Será solicitado o passaporte vacinal (com esquema completo de vacinação) para acessar o evento, além de utilização correta de máscara de proteção facial nas atividades que ocorrerão no espaço do auditório.

(**) Matéria atualizada em 28 de abril, às 17h