loading...
Sponser

COMUNICAÇÃO E CULTURA – GT da ADUFC debate política cultural do sindicato e encaminha ações para os próximos meses

Em reunião online na última terça-feira (30/11), o Grupo de Trabalho (GT) Comunicação e Cultura da ADUFC debateu estratégias para fortalecer a atuação cultural do sindicato, incentivar a participação docente nesses espaços e desenvolver uma política cultural que valorize a diversidade de linguagens artísticas. Docentes que compõem o GT aprovaram uma série de encaminhamentos para os próximos meses, entre os quais uma programação que trabalhe arte e acessibilidade, a construção de uma formação permanente de percussão e a retomada do Espaço Cultural da ADUFC com debates e apresentações artísticas.

O diretor de Atividades Científicas e Culturais da ADUFC, Prof. Tiago Coutinho, ressaltou a necessidade de não restringir o debate apenas a uma agenda cultural, mas consolidar uma política cultural do sindicato. “Algo que consigamos mobilizar entre nós, professores, e também estimular a produção artístico-cultural do ambiente universitário. E promover ações de fora da universidade, como acesso a shows, peças de teatro, fazer um trabalho de curadoria”, explicou. Tudo isso, lembra o docente, com o reconhecimento da produção artístico-cultural de professores/as, estudantes e técnico-administrativos/as.

A secretária-geral da ADUFC-Sindicato, Profª. Helena Martins, lembrou que a entidade já vem priorizando uma agenda cultural potente e que valoriza a diversidade artístico-cultural, mas a proposta é ampliar essa atuação. “A ADUFC já tem realizado uma série de atividades tentando diversificar as linguagens artísticas de atuação, de proposição de debates. A ideia é dar continuidade e aprofundar essa dimensão, pensando mais formas de reflexão, de afetação”, destacou.

Uma das propostas acolhidas pelo GT foi a de realizar um levantamento patrimonial da ADUFC para garantir um planejamento com base em dados consolidados, conforme sugeriu o Prof. Babi Fonteles, do Departamento de Estudos Especializados (FACED) da UFC. “E, a partir daí, poderemos fazer um planejamento considerando as diversas demandas e também despertando e incentivando a realização de eventos culturais, principalmente em campi onde isso não está sendo bem desenvolvido ainda”, defendeu. Após esse levantamento inicial, o segundo passo é elaborar um orçamento para o ano de 2022.

Na reunião foi elaborada também uma proposta prévia de calendário para execução do projeto de ocupação do Espaço Cultural da ADUFC. A ideia é que as atividades sejam, inicialmente, mensais e contemplem temas diversos relacionados ao cotidiano docente e às lutas sociais. Além disso, estão previstas atividades culturais mensais na região do Cariri.

Foram encaminhados no encontro levantamento patrimonial da ADUFC; formação permanente de percussão; retomada do Espaço Cultural da ADUFC com debates e apresentações artísticas; programação que trabalhe arte e acessibilidade; convocação para ocupação do Espaço Cultural da ADUFC com atividades de professores/as; Festival de Cultura da ADUFC; fortalecimento do GT e convite aos colegas para ocupar o grupo; programação de filmes de animação e quadrinhos que enfatizem a comunicação dos surdos; ações culturais que circulem ao longo do ano pelos diversos campi das universidades parceiras da ADUFC; e articulação com o GTCA (Comunicação e Arte) do ANDES-SN.