loading...
Sponser

BRASIL SUFOCADO – ADUFC repudia governo negacionista e genocida de Jair Bolsonaro e exige #ImpeachmentJá

NOTA DE REPÚDIO

A Diretoria do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC) vem a público repudiar veementemente o governo negacionista, criminoso e genocida de Jair Bolsonaro, que não assume nenhuma responsabilidade no combate à pandemia que já matou mais de 208 mil brasileiras e brasileiros.

É mais que urgente a necessidade de os governantes do país assumirem suas responsabilidades e avançarem na condução das dezenas de pedidos de impeachment do pior presidente da história do Brasil. As autoridades vêm se omitindo institucionalmente e abrindo precedentes perigosos para o agravamento de uma tragédia humana e social que vem abalando o mundo inteiro e colocando o país numa posição vexatória: a de uma negligência assassina e injustificável.

Os mais vulneráveis estão na mira genocida daquele que deveria ser o chefe maior do Estado brasileiro. Mas a pequenez do presidente só o permite vociferar a esmo, aprofundando um abismo que pode não ter volta, caso ele não deixe o poder. Porque 208 mil não são números, apenas. Foram cidadãs e cidadãos de um país desgovernado por um antilíder e que partiram, repetimos, por uma negligência assassina e injustificável. O próprio Ministério da Saúde anunciou, nesta sexta-feira (15/1), que este é o 4º dia consecutivo com mais de mil novas mortes cadastradas em um período de 24 horas. Jair Bolsonaro só está reforçando o que já havia declarado sem pudores em 2017, numa entrevista coletiva em Porto Alegre-RS: “Sou capitão do Exército. Minha especialidade é matar, não é curar ninguém”.  

Desde o começo da pandemia, o presidente a negou e vem sabotando as medidas sanitárias preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a tragédia. Da forma mais negativa possível, os holofotes do mundo voltam-se para o Brasil, em especial agora ao povo de Manaus-AM, que agoniza nos hospitais e lares sem oxigênio.

Exigimos que o Congresso Nacional, principalmente na pessoa do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), analise os inúmeros pedidos de impeachment de Bolsonaro. Criticar o chefe de Estado publicamente e classificá-lo como “irresponsável” é ínfimo. É urgente tirar do poder um genocida.

Bolsonaro é inimigo da vida.

#ForaBolsonaro
#ImpeachmentBolsonaroUrgente

Fortaleza, 15 de janeiro de 2021
Diretoria da ADUFC-Sindicato
Gestão Resistir é Preciso (Biênio 2019-2021)