loading...
Sponser

ADUFC APOIA – Coletivos e movimentos sociais realizam programação cultural virtual em homenagem a profissionais da saúde e às vítimas da Covid-19 nesta sexta-feira (24/7)

Coletivos de Fortaleza organizados em Defesa da Vida, da Ética, da Democracia, da Cultura, da Ciência e do Sistema Único de Saúde (SUS) realizam programação cultural e manifestação online em homenagem aos profissionais de saúde e às vítimas de Covid-19 nesta sexta-feira (24/7), a partir das 9h. A programação, que tem o apoio da ADUFC, conta com a performance “Anatomia do Silêncio”, das bailarinas e professoras dos cursos de Dança da UFC Andreia Pires e Rosa Primo (esta última, Diretora de Atividades Científicas e Culturais do sindicato) e diversas outras atividades culturais distribuídas ao longo do dia de forma virtual.

As apresentações, que se iniciam às 9h, têm abertura com o artista visual Narcélio Gurd realizando a pintura de um painel no Espaço das Mangueiras no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Ceará (Campus Porangabussu). O painel será uma homenagem aos trabalhadores do SUS e em memória aos mais de 80 mil mortos* pela Covid-19 no Brasil. O ato também irá angariar recursos para o Festival “Gente É Pra Brilhar… Não Pra Morrer de Fome”, que vem apresentando programação cultural ao longo de toda a semana, visando receber doações de alimentos, produtos de higiene e auxílio financeiro para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura do Ceará.

Ao longo da programação, haverá uma serenata virtual encarregada pelo cantor e compositor Edinho Vilas-Boas e pelo multi-instrumentista Alan Kardec em homenagem aos profissionais de saúde da linha de frente da Covid-19, acompanhados online de médicos do Coletivo Rebento que também são músicos. As apresentações musicais também homenageiam Arievaldo Viana, Evaldo Gouveia e Belchior: Canto & Cordel, com Paola Tôrres, Micaela Gomes (violinista e cantora), Raquel Lopes (percussionista), Dalgimar Bezerra de Menezes e Amanda Frota.  E, além da performance das professoras e bailarinas Andreia e Rosa, a médica Dione Rola apresentará a crônica “Onde eu quero estar”.

Também serão abertas durante o dia as exposições virtuais “Fotografias da Linha de Frente na Covid-19”, da artista e fisioterapeuta Marília Quinderé; “Varal Cultural – Crônicas da Covid-19”, com textos e produção de Elodie Bomfim Hyppolito, Liduína Rocha, Ramon Rawache, Leonardo Bezerra, Beatriz Helena e fotos de Nilfácio Prado, todos(as) médicos(as); “Varal de Cordéis Arievaldo Viana”, com a médica e cordelista Paola Tôrres; “Espaço Belchior – Discos e Relíquias”, com os(as) colecionadores(as) e médicos(as) Dalgimar Bezerra de Menezes e Elodie Bomfim Hyppolito; “Agentes Comunitários de Saúde: a integralidade itinerante”, com aquarelas da artista visual e agente comunitária de saúde Eliene Magalhães e curadoria e pesquisa de Amanda Frota, enfermeira, Ivana Barreto, médica, e Raquel Nepomuceno, cirurgiã-dentista; “Estratégia Saúde da Família: em busca da integralidade”, com fotografia e poesia da cientista social e jornalista Sheila Pires, e curadoria e pesquisa de Amanda Frota, enfermeira, e Ivana Barreto, médica. Também serão apresentados textos da série “Memórias de Quarentena”, disponíveis no site da ADUFC-Sindicato, com curadoria das professoras Alba Carvalho e Ângela Pinheiro, da UFC, e Camila Holanda, da UECE.

A programação cultural e as manifestações online são promovidas pelos coletivos Rebento – Médicos em Defesa da Ética, Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia/CE, Movimento #Eu Defendo o SUS/CE, Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares/CE, Coletivo Girassóis – Espíritas pelo Bem Comum, Coletivo Vida e Cidadania, Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde, Associação dos Docentes da UFC, Centro Acadêmico XII de Maio e Coletivo CA XII de Maio para Sempre.

Toda a programação será realizada online, sem atividades presenciais, mantendo as medidas de isolamento social necessárias no combate à pandemia de Covid-19. As apresentações serão gravadas e posteriormente editadas para publicação nas redes sociais e no YouTube do Festival e dos Coletivos envolvidos na produção.