loading...
Sponser
0 4

Estudantes da Unilab ocupam Campus Redenção contra o cancelamento do vestibular para pessoas transexuais e intersexuais

Em um ato aprovado em plenária realizada na noite do dia 16 de julho, estudantes da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) estão ocupando o Campus Liberdade, em Redenção, desde a última quarta-feira, 17. O principal motivo para a ocupação foi o cancelamento do Edital Nº 29/2019, que destinava 120 vagas remanescentes dos curso de graduação da Unilab para um processo seletivo específico para pessoas transexuais e intersexuais.

Outras duas pautas foram somadas às reivindicações da ocupação. A primeira diz respeito a suspensão de auxílio para 146 estudantes da instituição que integram o Programa Bolsa Permanência, que visa garantir a permanência de estudantes de baixa-renda na Universidade. A outra reivindicação está relacionada ao lançamento do programa Future-se pelo Governo Federal, que representa uma ameaça à autonomia e ao caráter público e gratuito das Universidades e Institutos Federais brasileiros.

De acordo com nota oficial divulgada pelo DCE da Unilab, os estudantes reivindicam a retomada do edital cancelado, o desbloqueio dos auxílios dos estudantes contemplados pelo Programa Bolsa Permanência e o posicionamento da reitoria contra o Future-se e a favor da educação pública gratuita.

Saiba mais sobre o cancelamento do vestibular para pessoas trans e intersexuais neste link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *