loading...
Sponser

Professor João Ilo e Presidente do Instituto Bia Dote falam sobre Prevenção do Suicídio

Professor João Ilo e Presidente do Instituto Bia Dote falam sobre Prevenção do Suicídio

Na manhã desta sexta-feira (14) o Coordenador do Laboratório de Psicologia Experimental da UFC, professor João Ilo Coelho, e a presidente do Instituto Bia Dote, Lucinaura Diógenes, estiveram na sede da Adufc-Sindicato Fortaleza para falar sobre a Prevenção do Suicídio e a Valorização da Vida. 

O professor João Ilo iniciou o debate falando sobre os aspectos psicológicos, ajudando os presentes a entender sobre o assunto e como prevenir. “É importante estarmos sempre atentos aos transtornos, tanto a vítima, como a pessoa próxima a ela. Os suicidas, quase sempre, estão passando por algum transtorno que altera sua percepção de viver. É necessário oferecer ajuda ou pedir ajuda”. 

A Presidente do Instituto Bia Dote, que perdeu sua filha (Bia Dote) de 13 anos – vítima de suicídio – explica que “falar sobre o suicídio não aumenta o risco, muito pelo contrário, falar com alguém sobre o assunto pode aliviar a angústia e a tensão que esses pensamentos trazem. Quem sofre com ‘pensamentos suicidas’ quer apenas aliviar a dor que está sentindo, quer apenas que tudo passe o mais rápido e acabam cometendo o ato”. 

Lucinaura Diógenes também falou sobre como ajudar, “julgar, obrigada, apontar os erros não é a melhor forma de ajudar uma pessoa que sofre de depressão ou qualquer outro transtorno que possa levar ao ato. Um abraço muitas vezes é o suficiente, deixar que a pessoa fale, se expresse e por final procurar ajuda de especialista junto com ela é a melhor opção”, conclui. 

Dados 

As taxas de suicídio vêm aumentando globalmente. Estima-se que até 2020 poderá ocorrer um incremento de 50% na incidência anual de mortes por suicídio em todo o mundo, sendo que o número de vidas perdidas desta forma, a cada ano, ultrapassa o número de mortes decorrentes de homicídio e guerra combinados. Além disso, cada suicídio tem um sério impacto na vida de pelo menos outras seis pessoas diretamente, e de aproximadamente 60 pessoas indiretamente.

Cerca de 300 pessoas se suicidam por ano em Fortaleza, a Capital é a 2ª cidade com mais casos em todo País (PRAVIDA, 2018).

Instituto Bia Dote 

O Instituto Bia Dote é uma organização sem fins lucrativos que trabalha com a prevenção do suicídio e a valorização da vida. O Instituto surgiu da vontade de prestar uma homenagem a jovem Bia Dote. A partir dos sentimentos vividos após sua partida, familiares e amigos uniram-se na intenção de ajudar a fazer o tema do suicídio, ainda um tabu, emergir como discussão necessária à sociedade e contribuir na mudança de uma realidade delicada e velada, mas nunca distante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *