loading...
Sponser
0 5

Adufc participa do lançamento do Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará

Adufc participa do lançamento do Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) realizou na manhã desta segunda-feira, 29, no auditório do Sebrae-Ce, o lançamento do Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará. O evento recebeu diversos integrantes da cadeia da Ciência e Tecnologia. O presidente eleito da Adufc-Sindicato e atual secretário-geral da entidade, professor Enio Pontes de Deus, esteve na solenidade.

O titular da Secretaria de Ciência e Tecnologia, Inácio Arruda, abriu o evento e destacou o objetivo do Plano Estadual de Ciência e Tecnologia: “O objetivo é realizar uma análise situacional da oferta e demanda do Sistema de Ciência e Tecnologia do Ceará, frente aos desafios e com uma visão estratégica até 2050”. O secretário também destacou que será necessária uma agenda estratégica de curto, médio e longo prazos com foco na inovação como elemento central na estratégia de desenvolvimento do estado.

O presidente eleito da Adufc-Sindicato, professor Enio Pontes, considera fundamental o lançamento do Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará. Segundo o professor, o plano abre grandes perspectivas para o incentivo à inovação e a valorização das inteligências criativas do estado do Ceará.

“Considero esse plano um passo muito importante para valorizar as instituições que trabalham com a inovação e também o foco nos estudantes, pesquisadores e professores. O estado do Ceará age muito bem ao liderar esse tipo de iniciativa”, conclui o presidente eleito.

O documento será vinculado às premissas do “Ceará do Conhecimento”, parte integrante do plano estadual de governo. O novo plano de CT&I pretende contribuir para a redução da desigualdade, o combate à pobreza, a preservação do meio ambiente e o aumento da competitividade sistêmica do Ceará, por meio do desenvolvimento científico e tecnológico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *