loading...
Sponser

Nota do Conselho de Representantes da ADUFC-Sindicato – PROPOSTA DO GOVERNO É INACEITÁVEL

Nota do Conselho de Representantes da ADUFC-Sindicato – PROPOSTA DO GOVERNO É INACEITÁVEL

O Conselho de Representantes da ADUFC-Sindicato, reunido neste dia 2 de julho, vem manifestar à comunidade universitária e à toda a sociedade cearense:

1. Sua mais profunda insatisfação com a proposta de acordo salarial apresentada pelo Governo Federal aos docentes do Ensino Superior e do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. A proposta – um reajuste linear de 21,5 % parcelado em 04 anos, a partir de 1º de janeiro de 2016 – sequer repõe as perdas passadas, assim como fica abaixo das previsões inflacionárias para o próximo quadriênio. Por outro lado, é inimaginável esperar, diante do atual quadro de dificuldades políticas e econômicas, que os professores assinem um acordo válido para 04 anos. Ademais, a proposta do governo é totalmente alheia às pautas de reivindicações protocoladas ao desconsiderar o compromisso de continuidade do processo de reestruturação das carreiras;

2. A necessidade da ADUFC-Sindicato de se fazer presente à próxima reunião nacional de negociação, no dia 7 de julho, contribuindo para a busca de uma alternativa que solucione o impasse estabelecido. É fundamental que, além da negociação com todos os servidores federais, seja imediatamente instituída uma Mesa Setorial da Educação, com a participação do MEC. Sugere este Conselho que as partes em negociação considerem a possibilidade de um reajuste salarial para 1 (um) ano apenas (2016), estabelecendo-se um calendário para a negociação das carreiras;

3. Tendo em vista o recesso escolar em várias universidades, a indicação à Diretoria da ADUFC-Sindicato de convocação de nova reunião do Conselho de Representantes, ainda no mês de julho, e de convocação, no início do mês de agosto próximo, de Assembléia Geral para eventual apreciação de indicativo de greve.

 Fortaleza, 02 de julho de 2015.
Conselho de Representantes das ADUFC-Sindicato

fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *